24 de março de 2016

A nossa música vai acabar...

Fonte: .stockvault
Estou enjoada de te ver assim,
Com essa cara de abobada,
jogada ao meu lado na cama.
falando de amor, poesias e afins..

Pequena, me fale o que espera,
dessa loucura interna.
que te faz viajar nesse mar aquarela,
de tais coisas que não quero imaginar

A coisa mais estúpida seria te amar;
Imagina que loucura eu não conseguir
ficar sem te beijar na luz do luar?

Ah! Vá se ferrar..

Tu não quer me olhar..

Só quer desabafar;
Dizendo que a nossa música vai acabar.
E eu aqui  de Chico
Digo que não sei sambar..

-Dieny L.


17 de março de 2016

TAG : Irmandade entre Blogueiras

Tem TAG sim, e se reclamar vai ter mais rs. Galerinha do bem, cês sabem que sou apaixonada pelo meu blog, porém a correria me abraça com tanto amor que olha.. Além do meu foco para a matéria de nutrição do meu curso/ trabalho estou ensaiando para um teatro/sarau que vai rolar na próxima quinta-feira no meu próprio ambiente de trabalho - loucura, né. Estou bem ansiosa, e já escolhi o poema que vou ler '' Nua de Máscaras''que já compartilhei com vocês aqui no Like The Moon. Agora na  questão do teatro em sí, o negócio vai ser punk, vai ter gente chorando haha. O nosso tema é a rotina e a questão da mulher atualmente , aproveitando o espaço para dar voz á todas. Ah, antes que eu esqueça de citar : iniciei minhas aulas de dança do ventre e estou amando horrores 

Agora focando na postagem em si, fui indicada para responder a Tag  Irmandade das Blogueiras, que tem como proposta responder 10 perguntas e fazer outras 10 para mais 10 blogs indicados. Quem me indicou foi a  diva da Carol do Pink is Not Rose - obrigada Ca!!  Agora abaixo eis as minhas respostas :

Regras básicas:

  •  Inserir a imagem da Tag;
  •  Agradecer ao blog que te indicou;
  •  Responder as 10 perguntas de quem te indicou;
  •  Indicar 10 blogs para responder a Tag;
  • Criar 10 perguntas para os indicados.

Perguntinhas e Respostas

Qual foi seu último investimento no blog/canal? Você se arrepende? - Meu último investimento e talvez único, foi a compra do domínio. Não me arrependi, pois, isso facilita bastante para as pessoas decorarem o link/url do blog. Saiu  super baratinho, então nem doeu no meu bolso rs.

O que te motiva a continuar com os posts/vídeos?- Para ser sincera, o que me motiva de verdade é essa liberdade gigantesca que tenho aqui de falar o que sinto e penso. Claro que me motiva saber que tem pessoas que reservam um tempinho para lerem o que escrevo, mas sabe.. conseguir colocar tudo para '' fora'' já é o suficiente.

Qual o teu maior objetivo na vida?- Me conhecer e conhecer o mundo. Antigamente eu achava que meu maior objetivo era fazer uma faculdade, ser '' alguém na vida''. Hoje, vejo de uma forma mais simples, sabe? Não preciso ser '' alguém na vida'', eu já sou alguém. Não preciso de um diploma que diga que só através dele eu sou importante. O que eu preciso é me conhecer, conhecer o mundo, as pessoas e tentar mudar algo. Não tô dizendo que não quero uma faculdade, afinal eu quero, mas se não conseguir : isso não vai me diminuir ou me tornar um grande fracasso.

Como você se vê daqui há 5 anos?- Isso é difícil. Bastante na verdade. Não consigo me ver, mas espero que eu faça bastante coisa construtiva até lá e que no mínimo tenha viajado para algum lugar.

O que você acha sobre expor a vida pessoal na internet? (Ex.: relacionamento, fazer tour pela casa, mostrar gastos em compras, etc...) - Olha, na minha visão é interessante. Se a pessoa curte e não se importa em compartilhar coisas da vida dela, quem sou eu para opinar ou ir contra? rs. 

Qual blogueira/youtuber "desconhecida" (com menos de 5000 seguidores) você acha que todos deveriam conhecer?-  Eu poderia fazer uma lista de blogs para indicar, afinal tem tanta coisa bacana nesse mundinho da blogosfera. Mas hoje vai ser o dia Sammy do blog Lado Macho. Os textos da Sammy são bacanas e ela fala o que dá na telha rs. Acompanho ela desde o antigo blog La Diabolique e agora no atual. Recomendo vasculharem o blog dela e seguirem se gostar.

O que você pensa sobre resenhas? Você confia em blogueiras famosas ou prefere buscar por resenhas de meninas mais desconhecidas que não receberam dinheiro para divulgar?- Olha, consumo pouco, então mesmo com resenhas penso um montão de vezes antes de comprar algo. Mas se for para comprar por conta de resenha, tanto faz se é famosa ou não. 

Você prefere ler post ou assistir vídeo? Por quê? E para produzir, post ou vídeo?- Prefiro ler, mas se o título do vídeo for do meu interesse vou assistir. Já para produzir prefiro postagens, já que não consigo e tenho vergonha de gravar vídeos rs.

 Você já cumpriu alguma meta deste ano? Se sim, qual? Se não, tem alguma que esteja em andamento?- Bem.. Autoconhecimento está em andamento, é algo que vem aos poucos. Também iniciei aula de dança, pratico exercícios e abandonei a carne ( fechou um mês já). Claro que tem mais coisas que quero cumprir de meta, mas tento não ficar pensando tanto nisso, deixo vir naturalmente. 

 Se você ganhasse um milhão, o que você faria com esse dinheiro?- Ajudaria o máximo de pessoas e animais possíveis. Sei, parece clichê, mas gostaria de fazer isso de verdade. Na questão de animais sofro horrores ao saber que não tenho mais grana para adotar mais animais- afinal já tenho 8 cães, 3 gatos, galinhas, patos- e isso vai dinheiro.. É comida, vacina, água, e por aí vai..

Blogs indicados e perguntas



Agora eis as perguntas para cês responderem:


1- O que motivou você a criar um blog?
2- Como você se descreveria para seus leitores?
3-  Qual seu pior vício?
4- É fã de algum seriado, cantor, banda? Qual?
5- O que você mais ama fazer quando está sozinha (o)?
6-  Qual foi seu pior mico? Faça um pequeno relato rs.
7- Tem algo que você gostaria de dizer para seus pais, família, amigos?
8-  O que é liberdade para você?
9-  Qual a melhor lembrança que você tem da sua infância?
10 - Você deseja viajar para algum lugar? 



Bom gente, é isso. Ficou grande mesmo a postagem, mandem os processos por correio rs. Até logo.







8 de março de 2016

Nenhuma florzinha vai salvar minha vida..

Imagem: Rikako Nagashima

Dizem que hoje é o nosso dia. Dia de alegria. Que mentira! Alegria para quem? Só quero saber. Me diz aí, vai.  Se quiser você pode me rotular como ''mulherzinha que só reclama'', pois, ser rotulada de '' feminazi'' eu já estou acostumada faz tempo. Nos dizem que tudo é exagero, vitimismo e falta de louça na pia. Bacana né? Não sabia que lutar pelo direito de viver ( sim, viver) é algum problema. 

Faz poucos dias em que se espalhou o caso das jovens Marina Menegazzo e Maria José Coni, ambas assassinadas por dois homens no Equador. Estavam viajando juntas, Eram duas. Mas isso não foi o suficiente, né? Pois, a maior parte da discussão em torno do caso é que '' estavam sozinhas''. Será que para sair por aí é necessário ter um guarda-costas do sexo masculino? Ou, será que devemos inventar uma bolha capaz de nos deixar viver  no seu interior, protegidas e isoladas? 

Na quarta-feira passada, Ana Beatriz Schelter, uma menina de 12 anos foi encontrada morta dentro de um contêiner em Rio do Sul. Infelizmente o IML confirmou marcas de abuso sexual no corpo da menina. Adivinhem? Ela estava indo para a escola e algo/alguém impediu que isso ocorresse.

Desculpa, mas não vejo hoje como uma data para se comemorar. Nenhuma florzinha vai salvar a minha vida caso um homem se ache no direito de fazer algo com meu corpo. Mulheres estão morrendo, sendo violentadas, espancadas, machucadas, feridas, assediadas, humilhadas o tempo todo. Já se tornou tão recorrente os casos que parece algo '' normal'', é como se fosse só um número e somente isso - e ainda  por cima tem muitas pessoas que tentam justificar esses atos.

E hoje, logo hoje me dizem para eu estar feliz - afinal é o Dia da Mulher. É o dia em que vai ter alguns homens postando '' Feliz Dia da Mulher para quem se dá o respeito'', '' Feliz Dia da Mulher para você que se comporta como uma'', '' Feliz Dia da Mulher para você que abre livros no lugar das Pernas''. Ah, quase esqueço! Hoje também vai ter textão estilo redação de Enem bem meigo, fofo, gentil,  dos homens que nos tratam pior que um monte de lixo nos outros demais dias do ano.

Finalizando, só quero dizer que eu não vejo o 8 de Março como um dia alegrinho. É preciso refletir sobre o que muitas mulheres viveram e ainda vivem. É uma luta diária e constante. É a nossa luta.

....

5 de março de 2016

Pequena reflexão


Minha semana inteirinha costuma ser bastante corrida, mas mesmo nessas situações procuro um tempo  para fazer coisas que gosto. Seja caminhar alguns minutos, dançar, praticar algum exercício, ler, assistir filmes/documentários/ e assim por diante.  O importante é ter meu espaço e esquecer coisas que na realidade nem são tão importantes.  Não me vale nada o salário no fim do mês, sendo que, não tenho tempo para viver de verdade.  Amo meu trabalho (futura atendente de nutrição), mas preciso separar as coisas. Inclusive, aconselho vocês a fazerem o mesmo, aposto que vão se sentirem muito mais satisfeitos, relaxados, felizes e apaixonados pela arte de viver.

Em torno dessas coisinhas que citei acima, escolhi um vídeo bem curtinho para cês olharem que se chama '' A mentira em que vivemos e a Revolução do amor''. Gente, eu particularmente gostei, pois aborda algumas questões, assuntos, de uma forma resumida e simples. Pretendo e prometo trazer mais videos parecidos com este, talvez um pouco mais profundos e com mais informações.

Agora sem mais conversas, convido para assistirem o vídeo rs.




Não esqueça de comentar e me seguir nas redes sociais,
Um ótimo fim de semana para todos!


31 de janeiro de 2016

Enquanto isso...

 É no horário marcado,
Na corrida sem fim,
Nos passos apressados
Que nunca tem fim...
Se mundo é viver,
Vê se me faz o favor
de me deixar viver. 
Não canso de falar e repetir : A mulher é forte, independente do quanto digam que ela é fraca.
Para cada canto que eu observava, me sentia abraçada, por tamanha beleza e criatividade expressada. Já nem sabia o que fotografar. Já nem sabia o que sentir. Os olhares curiosos dos meus amigos que não entendiam o motivo específico para tanta euforia, talvez um dia entendam. Não é sempre que encontramos tantos sentimentos transbordando pelas paredes sem serem apagados por alguém.. Ao encontrar, fico admirada ao ponto de querer registrar cada detalhe. 
Todas as fotos foram tiradas com muito amor e carinho no Terminal Triângulo, em Porto Alegre.
Agradeço pela paciência dos meus amigos e pela câmera do celular do Lucas rs.

 


Design e programação feito por Carol Mascarenhas
Like The Moon - Todos os direitos reservados